27 de abr de 2012

Algumas invenções criadas por mulheres



Bette Claire Graham nunca quis ser inventora. Era uma simples secretária que ficou de refazer todo um trabalho de datilografia cada vez que erra uma tecla. Para ajudar no orçamento, ela pintava janelas comemorativas no banco em que trabalhava e foi aí que percebeu que quando errava algo, ela não apagava, simplesmente pintava por cima. Com isso em mente levou uma garrafinha de tinta base branca e um pequeno pincel para o escritório. Logo sua invenção fez sucesso entre os colegas de trabalho e, com a ajuda do professor de química da escola do seu filho, desenvolveu o Mistake Out, que mais tarde faria seria parte obrigatória do estojo de qualquer estudante ou profissional conhecido como Liquid Paper.




Nascida em Varsóvia, na Polônia, Maria Sklodowska mudou seu nome após o casamento com o também cientista francês Pierre Curie. Foi a 1ª pessoa a ganhar o Prêmio Nobel 2 vezes. O 1º em 1903 – que dividiu com o seu marido – em física por descobertas no campo da radioatividade – e o 2º veio em 1911, desta vez em química, pela descoberta de 2 elementos: o polônio e o rádio (Po e Ra na Tabela Periódica).




Em uma viagem para Nova Iorque no início do século XX, Mary Anderson, percebeu que os condutores de bondes precisavam abrir as janelas para poderem enxergar toda vez que chovia na cidade. A partir daí ela criou um aparato que através de uma manivela limpava a janela do excesso de água e até mesmo de neve, permitindo assim que tanto o condutor pudesse ter uma visão da rua sem precisar se molhar – e aos passageiros próximos, claro. O 1º limpador de para-brisas foi patenteado em 1903 e já em 1916 passou a fazer parte dos itens obrigatórios de todo e qualquer automóvel.




Lá pelos idos de 1964, enquanto trabalhava para a DuPont, Stephanie Kwolek estava pesquisando uma nova fibra, leve mas forte, para ser usada em pneus quando chegou a seguinte fórmula: (-CO-C6H4-CO-NH-C6H4-NH-)n – ou para os que assim como eu não gostam de química, p-fenilenodiamina com cloreto de tereftaloila. Assim que testou a nova fibra, logo descobriu que ela não quebrava. Estava criado o Kevlar, fibra usada em coletes a prova de balas, capacetes e outros materiais de defesa usados por forças policiais e militares por todo o mundo hoje em dia.




Nascida em 1906 em Nova Iorque, Grace Murray Hopper era uma analista de sistemas na marinha americana quando criou o Flow-Matic, uma linguagem de computadores que serviria de base para o COBOL, criada, a princípio, para o uso em ambientes empresariais que mais tarde passaria a computadores de todos os tipos.

11 comentários:

Maria Eduarda disse...

Demais este post sensacional.

**Escritora de Artes** disse...

Parabéns a todas essas mulheres!

Abçs

Jorge disse...

Isso só vem a provar o quão inteligentes são muito bom saber.

Elaine Cristina disse...

Boa tarde minha querida!
Obrigado pela presença carinhosa no meu cantinho!
Seja sempre bem vinda!

Parabéns pelo espaço rico.

Um feliz fim de semana para ti!
Bjs

"Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade, desfrutar desse amor absolutamente sem fraudes, nunca será perda de tempo. O essencial faz a vida valer a pena."[Rubem Alves]

♥ Cristiane Tiago ♥ disse...

Olá Gabriela, tudo bem? Bela postagem, homenagem as mulheres inventadoras de produtos uteis, parabéns a elas, é prazeroso ler o históricos de mulheres que fizeram a diferença :) . Bjs tenha um ótimo final de semana para sua família, fica com Deus..até++

Waldir disse...

Grandes mulheres estavam sempre a frente de seu tempo e não se deixaram dominar pelo mundo machista.

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite!
Tudo bem?
...sem dúvida...parabéns á todas!
E obrigado por compartilhar estas "curiosidades"conosco!
Obrigado pelo carinho da visita!
Bom final de semana!
Beijos

Rita disse...

Menina que luxo esse post,não sabia
de certas invenções,que bacana essas
mulheres parabéns adorei saber
Abraços de bom final de semana
bjuss Rita!!!

Pastor Edinaldo Domingos disse...

Amada Gabriela~

Não conhecia essas descobertas. Foi bom ter lido. agente sempre aprendendo mais. Sou grande admirador dos talentos das mulheres.

Deus continue te abençoando.

Muito grato por interagir no meu blog

Um forte abraço.


Pastor Edinaldo Domingos

Patrizia Dias disse...

Gostei muito de saber.

Joabe disse...

Sabia disso não gostei e parabéns a elas.