11 de abr de 2012

É tempo de ser mais exigente!


Olá, amig@s. 

Recentemente foi publicada pesquisa que aponta aprovação dos brasileiros em mais de 70% ao governo da presidenta Dilma, do PT, batendo recorde inclusive sobre o governo do presidente Lula. Um dos aspectos que chamam atenção é justamente o reconhecimento da população ao rigor e seriedade com que nossa presidente governa, combatendo o fisioligismo na relação com o Congresso e literalmente fazendo uma faxina nos ministérios onde indícios de corrupção são levados ao conhecimento público. Em que pese muito dessas denúncias terem como objetivo fragilizar ou desgastar o PT e nosso governo, não podemos de antemão fechar os olhos ou desqualificar os denunciantes sem antes conhecer o teor do que é denunciado. Naturalmente, é impossível prever ou antecipar quando, em se tratando das coisas públicas, haverá problemas com a utilização do dinheiro. Mas, se acontece alguma denúncia ou suspeitas com algum fundamento são levadas à público, o mínimo que esperamos dos governantes são atitudes que demonstrem respeito aos cidadãos e ao nosso dinheiro. Nesse sentido, nota 10 à presidenta Dilma que não se acovardou diante de pressões ou chantagens de políticos para garantir seus privilégios. 

Trazendo este assunto para o âmbito municipal, desde o primeiro ano do governo Barbieri o PT tem denunciado situações que merecem no mínimo atenção por parte da sociedade e também daqueles que têm a obrigação de zelar por nosso patrimônio. O caso das lousas digitais, que o prefeito comprou a preço de casas ou carros populares, ganhou repercussão nacional e a investigação corre sob segredo de Justiça. O caso da Fundart que eu denunciei está sob investigação do Ministério Público. Muitas outras denúncias, sejam do PT ou de outros setores, por terem embasamento, estão sob investigação ou já viraram TAC – Termo de Ajuste de Conduta – entre Ministério Público e a Prefeitura. O que me chama atenção nisso tudo é que por mais que a Justiça considere fortes os indícios a ponto de abrir investigação, em nenhum momento o prefeito Barbieri agiu no sentido de preservar a imagem do seu governo em respeito aos cidadãos araraquarenses. Muito ao contrário, nas diversas secretarias municipais ligadas às denúncias, o que vimos foi uma postura de proteção e defesa cega diante dos fatos ou dos envolvidos. A reação do governo do prefeito Barbieri às denúncias foi sempre no sentido de atacar, até mesmo no nível pessoal, as pessoas ou setores que denunciaram. Perseguição aos servidores públicos, ataques e ameaças são a resposta diante dos fatos. A coisa toda é tão gritante que até um jornal da cidade, por ter independência e divulgar matérias sobre as denúncias ou problemas da prefeitura que outros tantos tentam encobrir, sofreu e sofre ameaças de retaliação de gente poderosa. A minha vida particular foi exposta e de denunciante tentaram me fazer virar ré, tudo para tirar o foco da gravidade das denúncias que apresentei. Com exceção das iniciativas do Ministério Público, em Araraquara NADA ACONTECE. A Câmara de vereadores que deveria fiscalizar, investigar e garantir a transparência no uso do nosso dinheiro, se cala e não nos defende. A troco de cargo e poder, ajudam a blindar os erros e arbitrariedades do atual governo. 


Eu tenho insistido e continuarei a “martelar” que o combate à corrupção e aos privilégios do poder só será de verdade quando todos nós tivermos atitude de participar, fiscalizar e acompanhar mais de perto os políticos que nós elegemos para nos representar. Eu só sei se minha conta bancária está certa se olhar os extratos, só sei se a conta de água está correta se controlar o uso da água em casa e conferir os valores da cobranças. Na política é a mesma coisa, gente. A conversa fiada de que político é tudo igual só ajuda a dar poder para pessoas picaretas que querem se dar bem. Se a gente acompanhar de perto e cobrar transparência na gestão pública, certamente damos um passo enorme no combate à corrupção, contribuindo assim para a melhoria da qualidade de vida em nossa comunidade e nosso país. 

Tenho defendido que a internet é um instrumento poderoso pra isso e é. Mas também, devemos compreender que a mobilização e pressão social são fundamentais para fortalecer e dar peso às reivindicações da sociedade. Abaixo, segue um vídeo publicado pelo Sismar – Sindicato dos servidores municipais de Araraquara e região – que flagra uma situação ridícula onde vereador usa de seu prestígio para dar a famosa carteirada em agente de trânsito. Ao final do vídeo que é curtinho tem uma chamamento para uma passeata onde podemos da voz a toda indignação sobre os desmandos que têm acontecido em Araraquara. Todo mundo tem interesses, devemos aproveitar a proximidade do período eleitoral e cobrar de todos os partidos, políticos e sociedade em geral mais seriedade a nós cidadãos e respeito ao dinheiro suado de nossos impostos. Passou da hora de Araraquara ser mais exigente!

Nos vemos no sábado, as 10 da manhã, em frente à prefeitura!

6 comentários:

Patricia Galis disse...

Quero ver quem tem coragem de dizer eu disse mesmo, foi eu sim...ainda bem que não temos clones, pois ele levaria toda culpa...afff

Patrizia Dias disse...

Muito bom sua reflexão Gabriela, fico feliz por saber que tem jovens se importando, agora no vídeo o dizer que foi intriga da oposição é muito engraçado, se não fosse triste.

Rita disse...

Belo texto gostei mesmo

Mas o vídeo é mesmo fantástico
com o maravilhoso português do
Sr ai........olha só!!!

Eu vou la tirar a murta.....

Cês vão murtando eu vô tirando

Como dizia o famoso humorista
Tiririca.....

É Fántasdico essa coisa ai!!!!


Eita mundaõ caba não kkkkk

Santorin disse...

Agora é moda dizer não foi eu, concordo com a Patricia, quem tem coragem de dizer a verdade?

Pastor Edinaldo Domingos disse...

Amada Gabriela,

perfeita a sua posição, existe necessidade de sermos mais exigente.

Gostaria de compartilhar algo sobre o município que moro e trabalho. É uma cidade pequena, cerca de 5.000 habitantes. Estarei no meu Blog brevemente escrevendo algo sobre a politica deste municipio, aconpanhe, ok?

um forte abraço

Maria Eduarda disse...

Excelente abordagem Gabriela, isso mesmo movimentar o povo, eles pensam que somos tontos....mas pera ai...eu não falei nada, nem estou aqui, vixe intriga da oposição...rs