13 de abr de 2012

Entrevista com Jason/Origem da sexta-feira 13



A crença de que o dia 13, quando cai em uma sexta-feira, é dia de azar, é a mais popular superstição entre os cristãos. Há muitas explicações para isso. A mais forte delas, segundo o Guia dos Curiosos, seria o fato de Jesus Cristo ter sido crucificado em uma sexta-feira e, na sua última ceia, haver 13 pessoas à mesa: ele e os 12 apóstolos.

Mas mais antigo que isso, porém, são as duas versões que provêm de duas lendas da mitologia nórdica. Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Daí veio a crendice de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça na certa.

Segundo outra lenda, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem à palavra friadagr = sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, a lenda transformou Friga em bruxa. Como vingança, ela passou a se reunir todas as sextas com outras 11 bruxas e o demônio. Os 13 ficavam rogando pragas aos humanos.

O número 13

A crença na má sorte do número 13 parece ter tido sua origem na Sagrada Escritura. Esse testemunho, porém, é tão arbitrariamente entendido que o mesmo algarismo, em vastas regiões do planeta - até em países cristãos - é estimado como símbolo de boa sorte. O argumento dos otimistas se baseia no fato de que o 13 é um número afim ao 4 (1 + 3 = 4), sendo este símbolo de próspera sorte. Assim, na Öndia, o 13 é um número religioso muito apreciado; os pagodes hindus apresentam normalmente 13 estátuas de Buda.

Na China, não raro os dísticos místicos dos templos são encabeçados pelo número 13. Também os mexicanos primitivos consideravam o número 13 como algo santo; adoravam, por exemplo, 13 cabras sagradas. Reportando-nos agora à civilização cristã, lembramos que nos Estados Unidos o número 13 goza de estima, pois 13 eram os Estados que inicialmente constituíam a Federação norte-americana. Além disso, o lema latino da Federação, "E pluribus unum" (de muitos se faz um só), consta de 13 letras; a águia norte-americana está revestida de 13 penas em cada asa.



12 comentários:

Patricia disse...

Muito bom, não sabia da origem da sexta-feira 13, mas a entrevista com o Jason foi um ótimo monologo, kkk só de ver eu morro de medo, quantos pesadelos tive com ele, sou fã demais kk

Maria Eduarda disse...

QUE MEDAAAAA, kkkk
Mesmo sendo o ator da um pavor imenso, bem criativo Gabriela, não poderia ter posto ele em data melhor..

Patrizia Dias disse...

Não sou supersticiosa, mas gostei demais de saber a origem desta data.


Quanto ao vídeo ri muiiiitoooo, eu que não queria ser o entrevistador, quando ele diz vc é timido e esta acabando minhas perguntas, kkkkk demais, muito bom Gabriela.

Joabe disse...

kkkkkkkkkk maravilhoso, que medoooooooooooooo, já fiquei sem dormir por conta dele.
O entrevistador deu um show a parte.

Agnes disse...

Gabriela parabéns além de informar, eu ri muuutttiiiooooo, kkkkkkkkkkkkk

Rita disse...

Bem nunca imaginei o numero 13
como algo ruim,para mim é normal
como outro qualquer,mas tem pessoas que são bem superticiosas,mas cada um tem seu jeito de pensar.
Foi bom o texto ,a gente aprende sempre...Abraços com carinho Rita!!!

Jorge disse...

Maravilhoso as respostas do Jason foram profundas, kkkk
Mesmo assim quieto o cara da medo, boa ideia, um achado essa entrevista, o apresentador foi muito feliz nas perguntas.

Waldir disse...

Gostei demais, kkk

Patrizia Dias disse...

Vim ver de novo, kkkkk

Pastor Edinaldo Domingos disse...

Ínteressante sua postagem! É bom de tudo saber um pouco.

Parabéns pelo belo Blog.

Muito grato pelas visitas e comentários feitos em meu modesto blog.

Um forte abraço

Pastor Edinaldo Domingos

Pr. Ivan Pereira disse...

Parabéns pelas belas postagens do seu abençoado blog, bem informativo e edificante precisamos de trabalhos assim. Bom final de semana.

Anônimo disse...

Demais ^^