9 de abr de 2012

Verdades e Mentiras sobre Raios



Verdades:
1-Atender o telefone é perigoso durante a tempestade; telefones com fio, assim como todos eletrodomésticos, podem conduzir uma descarga elétrica que caia próximo a linha de distribuição e queimar os aparelhos e dar choques.
2-Mexer com água é perigoso: a água não atrai o raio mais aumenta sua potência e propagação. Por isso, deve-se evitar piscinas e banhos de mar. Tubulações de água metálicas e chuveiros elétricos também são condutores.
3- Árvores são chamarizes para os raios: uma árvore em um pasto, assim como qualquer objeto mais alto em um terreno plano, como antenas parabólicas, irá atrair os raios. Se a árvore estiver em uma floresta, estará no mesmo plano, como antenas parabólicas, irá atrair os raios. Se a árvore estiver em uma floresta, estará no mesmo nível das demais e não representa problemas.

Mentiras:

- O raio nunca cai duas vezes no mesmo lugar: pontos mais altos como árvores atraem os raios por isso podem ser "alvos" várias vezes, se continuarem de pé depois do primeiro.
- Cobrir os espelhos para não atrair raios: Este mito tem sua origem nos tempos do Brasil Imperial, quando se acreditava que os espíritos que habitam os espelhos eram dotados de estrutura metálicas que conduzem eletricidade.
- Os raios são produzidos pelo choque de nuvens: Diferente das histórias em quadrinhos para crianças, os raios, a verdade, são produzidos pelo choque de partículas de gelo acumuladas dentro das nuvens.


(A verdade é que, no país de maior incidência de queda de raios no mundo, não se deve brincar com o assunto.  De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), cerca de 70 milhões de raios atingem o país todos os anos - uma média de duas ou três descargas elétricas por segundo, com maior incidência na região centro-sul.  Das cerca 300 pessoas atingidas anualmente, cerca de 100 acabam falecendo, o que representa 10% das mortes relacionados a descargas elétricas em todo o mundo. E mais: entre 2000 e 2010, ocorreram mais de mil óbitos causados por esse tipo de descarga, direta ou indiretamente.)


Fonte:Vários sites web

10 comentários:

Maria Eduarda disse...

Adorei, minha avo que cobria o espelho, e nem sabia pq costume né, e olha nem tana haver, amei saber e pensei que um raio nunca mais caia no mesmo lugar...parabéns por nos informar este assunto é sério sem duvida.

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite!
Tudo bem?
Gostei de saber um pouco mais sobre raios!
Algumas eu conhecia, e outras absurdamente desconhecia, já que somos o país de maior incidência!Prevenir, sempre!
Boa semana!
obrigado pelo carinho da visita!
beijos

Joabe disse...

Um postagem que além de nos ensinar o que é verdade e mentira, nos lembra o quanto temos que tomar cuidado, nem imaginava que aqui caia tanto raio, to de boca aberta.
Gabriela além do seu blog ser um dos mais lindos que já vi pela nete, extremo bom gosto, bem elaborado, o que tem postado tem me deixado muito feliz em vim até aqui, parabéns pela criatividade, vc é uma excelente blogueira.

Lamarque disse...

tenho medo de raios. gosto apenas de ve-los no horizonte, ao longe. mas perto nao. gosto do artista que sabe pintar o raio. sabe dar cor ao som. isso é encantador. boas dicas. valeu abraços lamarque

Patricia disse...

Todo cuidado é pouco, a incidência é muito grande mesmo.

Rita disse...

Gostei de saber ,algumas coisas já sabia..mas eu nem quero saber de Raio
nenhum..morro de medo,nem gosto qdo
chove forte..quero é ficar bem longe

Verdade ou mentira ,não gosto não
afff..
bjão!!

Jorge disse...

Divas fundamentais, além de finalmente eu ficar sabendo porque cobriam o espelho quando chovia, kkkkk
Seu blog esta nota 10 Gabriela parabéns por todos os posts.

Escritora de Artes disse...

Olá Gaby,

Bom saber!

Bjos

Patrizia Dias disse...

Nossa não sabia que recebíamos tantos raios, minha avó cobria os espelho, minha mãe fez por algum tempo depois parou, nunca pensei que fosse por isso.

Pastor Edinaldo Domingos disse...

Ter cuidados e ser prudente é preciso. Grato pelas dicas