19 de out de 2011

Impressões sobre os bastidores da Política

Assistindo pela net a sessão da Câmara Municipal de ontém, não posso deixar passar em branco algumas considerações....

Impressões 1

Vereador dr. Lapena (PSDB) usou o pequeno expediente para falar sobre o fim da greve dos correios e, entre um pitaco e outro, deixou escapar sua “indignação” pelos parcos R$ 80,00 reais de aumento salarial que a categoria conseguiu.

Ora, essa que vos escreve se pega a pensar... concordo com o vereador que, dado as condições e a pauta de reivindicação da categoria, realmente, não é possível falar em vitória, e que eles mereciam mais. Mas, não posso deixar de questionar: se R$ 80,00 é pouco para o Correio, por que o vereador votou bem menos que isso de aumento aos servidores municipais? Por que o “nobre” (sim, entre aspas com muita ironia) vereador concorda com aumento pífio aqui e lá não? Serão os servidores municipais menos merecedores de aumento digno? A condição de “base do prefeito” não lhe permite a mesma indignação em Araraquara??

Aqui é um gatinho, lá é um leão! Vai ter coragem assim lá em Oz, ora pois!


Impressões 2

O “homem” do prefeito na Câmara, vereador João Farias (PRB), aproveitou do pequeno expediente para questionar o Sismar – Sindicato dos Servidores Municipais – sobre um jornal distribuído na cidade intitulado inteligentemente de “Não News” (qualquer semelhança é mera coincidência, acreditem!). Questionou editoria do jornal, tiragem, quem pagou entre outras informações realmente mui relevantes à sociedade. (Ainda que o jornal não seja do Sindicato...)

De repente, sua fala foi interrompida com aparte do vereador Lucas Grecco (PMDB) dando total apoio às preocupações do “nobre” colega. Aqui entre nós: nem quero imaginar que a indignação do edil Grecco tenha algo a ver com certo cartaz (confira no fim do post) no referido jornal que traz estampada a carinha risonha dos vereadores que o salvaram do afastamento dos trabalhos legislativos devido à denúncia comprovada (pelo próprio!) de prática de crime eleitoral – aquela coisa básica de prometer carguinho a troco de apoio político. Nada a ver, é só uma preocupação pura do vereador... desconsiderem, por favor.

Pois bem, depois do brado dos vereadores sobre o “Não News”, durante debate sobre um projeto de Lei obscuro que o prefeito Barbieri mandou à Câmara pedindo autorização para reaver o patrimônio móvel e imóvel do Departamento Autônomo de Águas e Esgoto (Daae), quando questionado pela líder da oposição, vereadora Márcia Lia (PT), sobre que imóveis seriam esses, valores e etc. – o mínimo para que os vereadores votassem sabendo o quê! – o “homem do prefeito”, ops, líder do governo, João Farias, desconversou. Nada sabia, nada ouvia, nada informava. Nádegas a declarar!

Aliás, sobre essas informações básicas, todos os vereadores “da base” tinham Nádegas a declarar, incrível! É um trabalho com conhecimento de causa que espanta!!!

Vejam vocês que em Araraquara, vereador é como Bombril, 1001 utilidades! Passa cheque em branco pro prefeito, vota e não pergunta, cala e consente, e de sobra, ainda fiscaliza Sindicato!

É ou não é uma justiça “justa, justíssima” que aumentem os próprios salários em 60%?

Eita, que tô bem tranqüila agora, a cidade está em boas garras!! Vou pegar uma carona com meu velho e relaxar, quem sabe não pescamos umas traíras hoje.

Se liga, Araraquara!

                                                                      Vejam o cartaz


Obs.: Acharam que tinha acabado, né? Nada de respirar aliviado, continuo com as impressões nas próximas postagens.




2 comentários:

@ Escritora disse...

Vereador como bombril, essa frase é ótima, então :

Se liga Araraquara, ano que vem exigiremos mudanças!

Abçs

Gabriela Palombo disse...

É isso, aí!