20 de set de 2012

Zélia Cardoso de Mello foi a primeira e unica até agora mulher ministra da Fazenda


Zélia Maria Cardoso de Mello (São Paulo20 de setembro de 1953) é uma economista brasileira.
Formada pela Universidade de São Paulo, Zélia foi a primeira—e até agora a única—mulher a ocupar o cargo de ministra da Fazenda, empossada em 15 de março de 1990 na posse de Fernando Collor na Presidência e deixou o ministério em 10 de maio de 1991. Zélia foi a mentora intelectual do Plano Collor, adotado pelo então presidente Collor; foram nomeados por Zélia os economistas Antônio Kandir e Ibrahim Eris. Segundo a revista Isto é Dinheiro, foi a mulher que mais acumulou poder em toda história republicana.
Com Zélia Cardoso de Mello, o Brasil conheceu uma época de mudanças, marcando "uma revolução"  em vários níveis da administração pública e na macroeconomiaprivatização, abrindo-se pela primeira vez às importações, modernização industrial e tecnológica, redução da dívida do setor público, controle da hiperinflação e uma explosão na demanda.O Plano Collor foi seguido pelos governos sucessores como por exemplo na esfera das privatizações; durante o Governo FHC: o valor de mercado da Vale do Rio Doce, era de R$ 8 bilhões em 1996 e, uma década depois, vale mais de R$ 160 bilhões. A Embraernem surgia entre as empresas com maior valor de mercado e, hoje, é avaliada em R$ 17 bilhões e a terceira maior fabricante de jatos do mundo.
Em 1976/77 foi economista na Companhia Estadual de Casas Populares (CECAP) (São Paulo). Foi analista senior do Banco Auxiliar de São Paulo (1977/78) e consultora da empresa Dummont Assessoria e Planejamento SC Ltda, (São Paulo, 1978). Em 1981/82 atuou como economista junto à Embaixada do Brasil em Londres. Integrou o Conselho Fiscal da Companhia Energética Paulista (CESP) (1983/1987) e assumiu a Diretoria Financeira administrativa da Companhia de Desenvolvimento Habitacional de São Paulo (1984/1986), ambos os cargos no governo Franco Montoro.

3 comentários:

Rita disse...

essa mulher é mais uma que está na nossa
lista de mulheres com garra
Abraçãoo
Bjuss
Rita!!!

Anônimo disse...

Ela teve o azar de estar com o Collor mas que foi uma honra isso foi.

Maria Eduarda disse...

Caramba que honra hem? gostei de saber.